Translate

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Válega - Ovar - Aveiro

Igreja  paroquial de Válega  - O exterior
 Edifício de forte impacto visual com a fachada principal totalmente revestida a azulejos policromados da fábrica Aleluia datados dos anos sessenta do século vinte. Este figurado azulejar representa várias cenas religiosas tendo eu conseguido identificar as alusivas a alguns  dos sete sacramentos da igreja. 





Pormenor do painel que reveste a torre sineira ( Jesus dá as chaves a S. Pedro)
Painel lateral direito com as representações do Matrimónio, Unção dos Enfermos e proclamação do dogma da Imaculada Conceição.








As fachadas laterais são revestidas a azulejo azul e branco. Um barra larga ornamentada com azulejos decorados com símbolos religiosos funciona como silhar. Toda a composição é rematada com uma fieira de azulejos em azul escuro a imitar a pintura esponjada. Nas duas fachadas, as portas são ladeadas por duas  albarradas, nitidamente reproduções atuais.

Pormenores
Grande plano da barra de azulejos
Janela lateral

Grande plano da albarrada


Na parede exterior da sacristia dois painéis representam uma Nossa Senhora  e um  Cristo carregando a cruz da crucificação.


 Com a pesquisa que fui efetuando para este post descobri que o único painel que não fotografei é o mais referenciado na informação que fui recolhendo, pois trata-se  de um trabalho da autoria de Jorge Colaço. Lembro-me desse painel no topo exterior da capela-mor mas...não o fotografei! 


O interior é sumptuoso, não só pelos painéis de azulejos igualmente produção da Fábrica Aleluia, mas também pelo seu teto de caixotões de madeira exótica.

Vista geral
Coro alto
Paineis


   Fontes                                

3 comentários:

  1. Maria Paula,

    Paz e Alegria.

    Vi este link num comentário seu em um dos blogs que sigo e peço licença para te fazer uma visita e um breve comentário.

    Nunca imaginei que houvesse uma fachada de azulejos assim. A princípio nos remete aos clássicos mosaicos da Itália. Mas a parede toda de cima a baixo penso que foge de todo padrão. Mas achei monumental e gostei.
    Não sei se acompanhei corretamente o texto mas não lembro de ter visto a época desses azulejos (ainda não acessei os links que indicou).
    Visualmente gostei, apesar de não saber se este é um edifício antigo ornado com azulejos recentes.
    Depois vou olhar com calma os seus posts.

    Também estou tentando manter um blog. Tenho predileção por Arte Sacra, mas tenho poucos contatos que apreciem e gostem de comentar sobre esta arte. Em segundo lugar, mas bem pertinho, vêm as louças, sobretudo portuguesas. Com elas já consegui algumas visitas e comentários de blogueiros muito especiais do querido e tão nobre Portugal.
    Os azulejos e tantos outros revestimentos e ornatos cerâmicos estão cada vez mais ganhando espaço em minhas pobres relações com a Arte.

    Quando e se quiser convido-a para uma visita ao meu blog. Há pouca coisa ainda.
    Parabéns por esta monumental postagem.

    Um abraço brasileiro.

    Amarildo.

    http://velhariasdomaurinho.blogspot.com.br/

    PS. Desculpe-me por apagar e reescrever o comentário.Mania de não revisar. Acho que agora está razoável. outro abraço.

    ResponderEliminar
  2. Olá Amarildo
    Muito obrigada pela sua visita e desculpe o atraso da resposta, mas o início de período letivo é sempre muito confuso.Esta igreja é muito interessante do ponto de vista estético, quer se goste ou não. O seu efeito não deixa ninguém indiferente.É uma igreja já muito antiga, mas os azulejos que a revestem são do século XX, mais precisamente dos anos sessenta.
    Já fui visitar o seu blog e envio-lhe os meus parabéns. Tem umas peças muito bonitas.Também gosto muito e arte sacra, embora reconheça que não sou de forma alguma uma conhecedora.

    Um abraço minhoto e apareça sempre :)

    ResponderEliminar