Translate

sábado, 26 de abril de 2014

Vilar Formoso - Almeida - Guarda


São mais de cinquenta, os painéis de azulejos da estação ferroviária de Vilar Formoso que formam uma espécie de roteiro turístico de Portugal, onde se alude aos mais belos monumentos portugueses, às paisagens típicas e aos usos e costumes do país. Foram produzidos na fábrica Viúva Lamego e são da autoria de João Alves de Sá. 

Aqui poderá ver mais paineis.
Imagem retirada do blog "Pela Linha Férrea"








Plano da rede ferroviária da Beira Alta

Painel do lado esquerdo - Serra da Estrela. Painel do lado direito -Paalácio dos Condes da Anadia em Mangualde



Fonte - Museu Nacional do Azulejo;
         

6 comentários:

  1. Maria Paula,

    Paz e Alegria.

    Este comentário foi feito para o post da Igreja paroquial de Válega, mas o trouxe para cá para ser mais atual.

    Vi este link num comentário seu em um dos blogs que sigo e peço licença para te fazer uma visita e um breve comentário.

    Nunca imaginei que houvesse uma fachada de azulejos assim. A princípio nos remete aos clássicos mosaicos da Itália. Mas a parede toda de cima a baixo penso que foge de todo padrão. Mas achei monumental e gostei.
    Não sei se acompanhei corretamente o texto mas não lembro de ter visto a época desses azulejos (ainda não acessei os links que indicou).
    Visualmente gostei, apesar de não saber se este é um edifício antigo ornado com azulejos recentes.
    Depois vou olhar com calma os seus posts.

    Também estou tentando manter um blog. Tenho predileção por Arte Sacra, mas tenho poucos contatos que apreciem e gostem de comentar sobre esta arte. Em segundo lugar, mas bem pertinho, vêm as louças, sobretudo portuguesas. Com elas já consegui algumas visitas e comentários de blogueiros muito especiais do querido e tão nobre Portugal.
    Os azulejos e tantos outros revestimentos e ornatos cerâmicos estão cada vez mais ganhando espaço em minhas pobres relações com a Arte.

    Quando e se quiser convido-a para uma visita ao meu blog. Há pouca coisa ainda.
    Parabéns por esta monumental postagem.

    Um abraço brasileiro.

    Amarildo.

    http://velhariasdomaurinho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Amarildo
      Espero que também tenha gostado destes azulejos, autêntica sala de visitas para quem entra em Portugal chegado de comboio.
      Abraços

      Eliminar
  2. Prezada Maria Paula,

    Olá de novo.

    Estes painéis são muito lindos. Auto promoção mais que justificada... Não conheço Portugal. E de azulejos estou pegando o gosto agora. As louças foram aproximando-me deles.

    Por não saber ainda tanta coisa sobre azulejos ao ponto de fazer um comentário interessante, parabenizo-te pelas fotos, informação, etc. que despertam interesses e buscas.

    Dos blogueiros que conheço daí (e um de cá, mas que aí andou) que mais postam sobre azulejos, se não me engano, são: O Luis do VELHARIASDOLUIS, a Ivete do TEMPOEHISTORIA e o Fábio, do AZULEJOSANTIGOS ((tem bastante post).
    Não sei se Vc os conhece.

    Fico esperando uma visita no VELHARIASDOMAURINHO. Não há ainda um quadradinho de azulejo sequer... Não que não goste mas tenho intenção de postar peças que coleciono. Quando arrumar alguns, faço uma postagem.

    Esta semana mesmo havia um lote de um leilão em São Paulo (sou do Rio) com 2 dezenas de azulejos do Outeiro Agueda muito lindos aqueles galos pintados à mão. Mas por estes tempos estou num aperto só.
    Mas no blog tem alguma coisa: louças, agora 2 telhas de beiral e Santinhos.

    Um abraço. Obrigado pela atenção.
    Amarildo

    ResponderEliminar
  3. Amarildo

    A azulejaria das estações de caminho-de-ferro portugueses é extremamente abundante e interessante. As estações são quase livros vivos da arte do azulejo em Portugal na primeira metade do século XX.

    Abraços

    ResponderEliminar
  4. Olá Amarildo
    Antes de mais desculpe o atraso da resposta.De facto,estes paineis para além de serem bonitos, são muitos e portanto quase impossível fotografá-los a todos enquanto se espera pelo comboio :)Também não tenho grande conhecimento sobre azulejos, limitando-me a gostar deles, facto que me leva a fazer alguma pesquisa e consequentemente a ir aprendendo algo mais, coisa que vou conseguindo com este blog, pois para além de publicar as recolhas que vou fazendo, procuro sempre alguma informação válida e interessante para partilhar. Conheço todos os blogueiros que refere e sou até seguidora da maior parte deles , aprendendo também com com eles.Vou agora espreitar o seu blog.
    Um abraço

    ResponderEliminar